segunda-feira, 14 de julho de 2008

INEGOCIÁVEL!





Inegociável

"Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda emderredor, rugindo como leão, e procurando a quem possatragar" (1 Pedro 5:8).


Um caçador levantou seu rifle e apontou cuidadosamente para um grande urso. Quando ia puxar o gatilho, o urso lhe falou com voz suave e mansa: "Não acha melhor sentarmos para conversar em vez de atirar? O que você deseja? Vamos negociar". Abaixando seu rifle, o caçador respondeu: "Eu quero um casaco de pele". "Bom", disse o urso, "esse é um assunto negociável. Eu só quero um estômago cheio. Vamos conversar". Eles se sentaram para negociar e depois de algum tempo o urso foi embora sozinho. As negociações haviam sido bem sucedidas. O urso teve seu estômago cheio e o caçador seu casaco de pele!


Satanás diz para você: "vamos negociar".Mas existem algumas coisas que não podem ser negociáveis. Nós não podemos comprometer nossa vida espiritual com o mundo. Cristo e Sua igreja merecem o nosso melhor e a nossa total lealdade.Que tipo de negócios estamos fazendo neste mundo? Até que ponto estamos cedendo em favor de outros interesses? Um filho de Deus não pode negociar seu relacionamento com o Senhor. Nossa fé não pode ser trocada por uma noitada com amigos incrédulos. Nosso tempo de oração não pode ser negociado por uns momentos de prazeres carnais. O louvor de nosso coração não pode dar lugar a murmurações que invalidam nosso testemunho e envergonham o nome do Senhor Jesus Cristo.A nossa vida precisa estar alicerçada no altar de Deus e o nosso amor deve ser inegociável.
Não há nada que o diabo possa oferecer em troca desse amor, e nenhuma de suas tentações pode apagar o brilho da presença do nosso Salvador em nossas atitudes. Não temos nenhum negócio a tratar com ele, e por mais que suas ofertas sejam tentadoras, é necessário que estejamos firmes e seguros nas mãos de Deus, rejeitando e repreendendo tudo que venha da parte do inimigo de nossas almas.


Sua vida com Deus é inegociável!


Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! (http://intervox.nce.ufrj.br/~tprobert)

Um comentário:

Nayana disse...

Pastor, perfeita esta reflexão. Como vamos negociar um amor puro, verdadeiro, fiel, que nada exige e está disposto a nos cobrir plenamente?! Só basta entregar nosso coração.